Icone informações
Quero agendar
uma consulta
Icone informações
Quero mais
informações
Sobre o que você deseja saber?
Preencha os dados abaixo, selecione o assunto de interesse e receba informações exclusivas!

Como Engravidar Rápido e Urgente?

Como Engravidar Rápido e Urgente?

Postado em: 10 de novembro de 2018

Engravidar rápido é o sonho de muitas mulheres. Afinal, algumas delas estão ansiosas para serem mães e desejam logo começar a fazer o enxoval do bebê. No entanto, nem sempre essa rapidez é possível. Geralmente, um casal demora cerca de 12 meses para obter a gestação. Isso porque, mensalmente, há apenas 20% de chance de […]

Engravidar rápido é o sonho de muitas mulheres. Afinal, algumas delas estão ansiosas para serem mães e desejam logo começar a fazer o enxoval do bebê. No entanto, nem sempre essa rapidez é possível.

Geralmente, um casal demora cerca de 12 meses para obter a gestação. Isso porque, mensalmente, há apenas 20% de chance de concepção. Quanto mais avançada a idade da mulher, mais difícil essa gravidez. Após os 40 anos, por exemplo, a chance mensal de concepção é de apenas 5%! Isso ocorre porque ao longo dos anos a fertilidade da mulher diminui, até que ela atinja a menopausa e não possa mais engravidar.

Após um ano de tentativas sem sucesso, então, é indicado que o casal procure auxílio médico. Afinal de contas, a demora pode ser sinal de infertilidade, que precisa ter sua causa diagnosticada e tratada. Do contrário, a gravidez não será obtida.

Se você ainda não chegou a esses 12 meses, provavelmente ainda não considerou a infertilidade. Neste caso, este texto é para você. Nele, vamos listar diversas dicas de como engravidar e, o principal, com saúde.

Dicas para engravidar rápido

1. Consulte um médico

USA, New Jersey, Jersey City, Couple receiving advice from doctor in office

A primeira atitude que um casal deve tomar ao decidir engravidar é visitar o médico. Esse passo é fundamental para garantir, especialmente, a saúde da mulher, uma vez que seu bem-estar é essencial para o desenvolvimento saudável do bebê.

Ao mesmo tempo, a visita ao consultório é importante para que o médico verifique toda a vacinação do casal. Doenças como a hepatite, por exemplo, possuem vacinação, mas podem ser transmitidas ao feto caso os indivíduos não estejam imunizados. Logo, sua prevenção deve ser conferida no homem e na mulher.

Ademais, o médico também pode indicar o uso do ácido fólico. O nutriente é necessário para prevenir problemas na medula do bebê. Seu uso é interessante a partir do momento da decisão pela gestação, mas deve ser sugerido e acompanhado por um especialista.

2. Alimente-se bem

Manter uma dieta saudável é fundamental para qualquer época da vida, e ainda mais para quando o casal busca a gravidez. Principalmente para as mulheres, o consumo de alguns nutrientes pode contribuir muito para uma concepção saudável.

É o caso de vitaminas e minerais. Alimentos ricos em vitamina E e vitamina B, por exemplo, são capazes de atuar no sistema hormonal. Todo o processo fértil da mulher depende da atuação de hormônios em seu corpo. Garantir que esse processo hormonal ocorra adequadamente é bastante benéfico.

Consumir produtos ricos em ácido fólico é do mesmo modo interessante. Afinal, como já citado, o nutriente auxilia na formação adequada do feto. Assim, você pode manter uma alimentação rica em alimentos como ovos, trigo, azeite, grão de bico, fígado de boi e lentilhas.

Também é evitar o excesso de carboidratos e lipídeos. Apesar de parecer difícil, essa diminuição do consumo de carboidrato e lipídeos pode ser feita com algumas pequenas alterações no dia a dia. Em vez do arroz branco, pães e macarrão, prefira os alimentos integrais. Consumir a batata-doce e a mandioca assadas, que são alimentos mais nutritivos e também pode trazer benefícios.

3. Pratique exercícios físicos

Assim como uma boa alimentação, a prática de esportes é benéfica em qualquer época da vida. Os exercícios conseguem baixar as taxas de estresse, melhorar a produção de hormônios e até mesmo a circulação do sangue.

Nos homens, isso pode melhorar a qualidade dos espermatozoides produzidos nos testículos. Para as mulheres, o corpo consegue manter seu ciclo menstrual mais regular, além de ser preparado mais corretamente para receber um embrião.

O ideal é realizar atividades físicas regularmente. A frequência pode ser de 1 hora em três dias alternados, ou de mais ou menos 30 minutos diários. Você não precisa se tornar uma atleta: basta sair do sedentarismo!

4. Controle a ansiedade

stress ball

É comum que o casal se sinta ansioso pela concepção. Afinal, um filho pode ser bastante aguardado, cheio de planos de realizações. No entanto, o estresse e a ansiedade é capaz de afetar o sistema hormonal do homem e da mulher.

Mantendo a calma, o indivíduo consegue garantir o bom funcionamento, principalmente, do hipotálamo. A região do cérebro é a responsável pela regulação dos hormônios. A solução pode ser a realização de exercícios físicos, ou mesmo da prática de um hobby. Trabalhos manuais, para quem sente prazer em realizá-los, são alternativas incríveis para o controle da pressão desse período da vida.

5. Mantenha bons hábitos

Ter maus hábitos no dia a dia são um perigo para a saúde, em qualquer momento. Durante a tentativa de concepção, porém, eles podem ser ainda mais prejudiciais, dificultando a gravidez. Por isso, é fundamental evitar o tabagismo e o consumo exagerado de bebidas alcoólicas. Também é essencial suspender o uso de drogas.

Ademais, é preciso avaliar com o médico a interrupção ou não do consumo de medicamentos de rotina. Algumas substâncias podem afetar o sistema reprodutor feminino, ou mesmo a formação de um feto.

Calendário para engravidar rápido

Uma mulher só pode engravidar se estiver em seu período fértil. O período fértil consiste no momento do mês em que o óvulo está disponível para fecundação, ou seja, quando ele foi liberado pelo ovário e aguarda pelo espermatozoide na tuba uterina.

Desse modo, se a mulher deseja engravidar, precisa acompanhar o seu período fértil. Um período regular dura em média 28 dias, e é calculado a partir do primeiro dia de menstruação do mês. Assim, é necessário anotar essa data no calendário. Quatorze dias depois, a mulher terá seu óvulo liberado.

Para garantir a fecundação, é importante que o casal pratique relações sexuais nesse 14º dia do período, assim como nos três dias antes e três dias depois da data prevista. Isso porque, o cálculo da data de liberação do gameta feminino é apenas uma previsão, que pode se adiantar ou atrasar alguns dias.

Logo, o período fértil dura cerca de 7 dias no mês. Como os espermatozoides sobrevivem por algum período no corpo da mulher, a prática regular do sexo aumenta as chances de que o gameta masculino encontre o feminino, quando este for liberado.

Todo esse controle do período fértil no calendário é chamado de tabelinha. Muitas mulheres a utilizam para a contracepção, acreditando que a previsão do período pode evitar a gravidez. O método, contudo, não é o ideal, e deve ser substituído pelo uso de preservativos, dispositivo intrauterino (DIU) ou pílula anticoncepcional. O melhor método contraceptivo deve ser indicado pelo médico ginecologista.

Como engravidar rápido de gêmeos

Quando a futura mamãe tem mais de 35 anos, seu período fértil costuma ser mais irregular. Por isso, é mais difícil prever a data de liberação do óvulo. Nesses casos, é indicado que a prática sexual ocorra dia sim, dia não. Assim, a presença de espermatozoides no corpo feminino será mais constante, aumentando a possibilidade de fertilização.

Essa alteração em mulheres com mais de 35 anos ocorre porque seu nível hormonal é irregular. Afinal, a partir desse momento, o corpo começa a se “preparar” para a menopausa, em que vai parar de liberar um óvulo para a fecundação. Há, contudo, uma particularidade neste período: devido à irregularidade hormonal, mais de um óvulo pode ser liberado pelos ovários mensalmente. Isso aumenta a possibilidade de ocorrência de uma gestação de gêmeos.

Técnicas de reprodução assistida

Resultado de imagem para assisted reproductive technology

Outra forma da mulher engravidar de gêmeos é utilizar a estimulação ovariana. O processo é feito por meio do uso de remédios, receitados pelos médicos especialistas em reprodução. Com a estimulação ovariana, os ovários liberam mais de um óvulo mensalmente.

Existem duas situações em que a estimulação ovariana é utilizada. Primeiro, para o uso da técnica chamada de coito programado. Com ela, a mulher passa pela estimulação, libera os óvulos e o médico indica a maior intensidade da prática sexual nesta data.

Uma segunda possibilidade acontece com a fertilização in vitro. A fertilização é uma técnica de reprodução assistida, em que óvulo e espermatozoides são colhidos e unidos em laboratório. Após essa fecundação, o embrião é cultivado por alguns dias, e logo em seguida transferido para  o útero da mulher. Lá, o embrião se agarra à parede do útero e se desenvolve.

Para permitir a gestação gemelar, o médico pode inserir mais de um embrião no órgão. Se ambos conseguirem nidar na parede uterina, a gravidez irá gerar gêmeos.

Além disso, a gestação gemelar natural só pode ocorrer caso a mulher tenha caso de gêmeos em sua família. Nesta situação, ela pode ter a tendência de liberar dois óvulos, ou então de que seu embrião se divida e crie uma gestação univitelina. Os gêmeos univitelinos são os idênticos, enquanto os bivitelinos (por dois óvulos), possuem características diferentes, e podem até mesmo gerar um menino e uma menina.

Remédios para engravidar rápido

Os remédios facilitadores da gestação devem ser prescritos pelo médico. Seu uso sem recomendação de um profissional pode ser um problema, alterando o sistema reprodutor de forma maléfica.

Entre os medicamentos indicados, estão o Clomid e Gonadotropina, tanto para os homens, quanto para as mulheres. As substâncias são capazes de melhorar a qualidade do óvulo liberado, ou então da produção dos espermatozoides. Também para o homem e a mulher, são sugeridos a Folitropina, a Urofolitropina e a Menotropina. Já as mulheres podem contar com o Clomifeno, Tamoxifeno, Lutropina Alfa, Pentoxifilina e Estradiol.

Leia mais no texto Vitaminas para Engravidar Saudável: Homem e Mulher.