É possível engravidar fora do período fértil?

As dúvidas das mulheres (e homens) sobre a concepção costumam ser muitas. O que fazer para garantir o desenvolvimento saudável do bebê? Como funciona a fecundação? Será que é possível engravidar fora do período fértil? O último questionamento, aliás, é o tema deste texto.

Acompanhe-o e descubra a resposta!

O que é período fértil?

Imagem relacionada

O período fértil de uma mulher consiste no intervalo de tempo em que seu óvulo está disponível para fecundação. O óvulo é o gameta feminino que, quando fecundado por um espermatozoide, gera um zigoto. Para que ele seja liberado, a mulher passa pela ovulação.

A ovulação é o processo no qual um folículo ovariano é amadurecido e liberado em forma de óvulo. Ele ocorre por meio da atuação de uma série de hormônios femininos. De modo geral, um óvulo é liberado mensalmente – salvo exceções em que nenhum ou mais de um gameta é liberado no mês.

Para compreender a data de ovulação de uma mulher, é necessário compreender o seu ciclo menstrual. Ou seja, o intervalo entre uma menstruação e outra. Em uma paciente de ciclo regular, o período dura 28 dias.

Um ciclo menstrual começa a ser contado no primeiro dia da menstruação feminina. No 14º deste intervalo, a mulher libera seu óvulo mensal.

O gameta fica disponível por no máximo 72 horas, em que poderá ser fecundado por um espermatozoide, caso ocorra relação sexual sem o uso de método contraceptivo.

Esse tempo em que o óvulo permanece disponível é chamado de período fértil. Se não for fecundada, a célula é dissolvida pelo corpo. Então, seus restos, e o endométrio preparado para receber um embrião naquele mês, são eliminados na menstruação seguinte.

O endométrio é a camada interna do útero, que funciona para a nutrição do embrião até que a placenta seja formada durante a gestação.

É possível engravidar fora do período fértil?

tabela para engravidar
Engravidar fora do período fértil é possível quando não sabemos calcular ao certo esse período.

Como citado, o período fértil de uma mulher geralmente ocorre no 14º de seu ciclo menstrual, se estendendo até o 16º dia do ciclo. Contudo, essas datas são apenas previsões.

Mudanças hormonais, estresse, álcool, tabaco e até modificações no ambiente podem afetar o processo de liberação do gameta.

Por isso, quando uma mulher diz que engravidou fora de seu período fértil, na verdade ela quer dizer que engravidou fora do período fértil previsto para aquele mês.

Se aquele era o período em que seu gameta estava disponível, era também seu período fértil. Logo, não é possível engravidar fora do período fértil.

Por causa da impossibilidade de prever de forma exata a ovulação, os médicos têm algumas dicas ao casal que deseja engravidar. Primeiro, a mulher precisa acompanhar o seu ciclo menstrual.

Então, sabendo a data prevista de liberação do óvulo, ela e seu parceiro precisam intensificar sua atividade sexual.

Essa intensificação, contudo, deve acontecer três dias antes, três dias depois, e na data estipulada da ovulação. Assim, caso a liberação do gameta ocorra de forma diferente do esperado, os espermatozoides já estarão lá esperando pelo óvulo, que poderá fazer a fecundação e gerar um embrião.

Leia também o texto Reprodução Humana e saiba mais sobre o assunto.

É possível engravidar no período menstrual?

tabela para engravidar
Não é possível engravidar fora do período fértil e menstruada.

Engravidar durante a menstruação é  impossível. No entanto, a possibilidade só existe para mulheres que possuem ciclo menstrual bastante curto.

Considere que uma mulher possua ciclo menstrual de 24 dias, e que fica menstruada durante uma semana de cada mês. Nessa paciente, a ovulação ocorre mais ou menos no 10º dia do ciclo. Como citamos anteriormente, os espermatozoides podem viver no corpo da mulher por até 5 dias.

Se a mulher e seu parceiro tiverem relações sexuais a partir do 5º de sua menstruação, no 10º dia do ciclo, quando o óvulo será liberado, ainda é possível que os gametas masculinos o fecundem.

Logo, haverá a gravidez, mesmo que as relações sexuais tenham sido realizadas ainda durante a menstruação feminina.

Isso significa que, se não deseja engravidar, é fundamental que a mulher mantenha o uso de métodos contraceptivos, independentemente do período do mês.

Sintomas da ovulação

Além de realizar o acompanhamento do seu ciclo fértil, a mulher pode ter atenção a alguns sintomas para saber se está ovulando. Assim, poderá programar melhor sua atividade sexual e buscar a gravidez.

Quando ovula, a mulher pode perceber primeiro alterações em seu muco cervical. Nesse período, ele se torna muito semelhante à clara de ovo, tanto em relação à cor, quanto à espessura.

Ao mesmo tempo, costuma ser possível perceber alterações na temperatura corporal. Antes da ovulação, a temperatura cai, aumentando logo que o óvulo é liberado.

Isso provoca a sensação de leve calor, mesmo em um clima frio. A mudança de sensação costuma ocorrer rapidamente, como um pico de alteração. Algumas mulheres ainda sofrem dores de um dos lados do abdômen, que duram por poucas horas.

De qualquer modo, se você deseja engravidar, é fundamental que procure um médico. Uma avaliação completa do especialista pode constatar sua saúde e, se for o caso, detectar problemas.

Seja algo que diminua a fertilidade, ou uma condição que poderia prejudicar mãe ou bebê, você poderá tratá-la antes mesmo das tentativas de concepção. Assim, terá uma gravidez mais rápida e saudável.

Open chat
💬 Precisando de ajuda?
Olá👋Como posso te ajudar?