Quem tem HPV pode engravidar?

Segundo dados do Ministério da Saúde, o HPV é responsável por 70% dos casos de câncer de colo de útero. Chamado de papilomavírus humano, o vírus causador da infecção possui mais de 100 tipos diferentes. Suas consequências são diversas, e muitas mulheres se perguntam se quem tem HPV pode engravidar.

Essa também é a sua dúvida?

Acompanhe a resposta no texto!

Quem tem HPV pode engravidar?

desenho mostrando aparelho reprodutor sendo atacado por vírus HPV
Quem tem HPV pode engravidar, mas precisa tomar os devidos cuidados.

Existem casos em que o HPV nem mesmo se manifesta no corpo do infectado. Em vez disso, o próprio organismo o combate e elimina, evitando qualquer consequência.

Quando a mulher está grávida, porém, pode ser que os sintomas venham a se manifestar. Devido à queda em sua resistência imunológica, e a alterações hormonais, o corpo feminino geralmente não consegue reagir ao vírus.

Em situações assim, a paciente pode apresentar verrugas genitais ou anais, além de corrimento vaginal. As verrugas geralmente coçam, sangram e provocam o aumento da sensibilidade na região.

Esses sinais são comuns também nas pacientes não grávidas que não conseguem combater o agente causador por conta própria.

Sozinho, o HPV não provoca a infertilidade. A mulher precisa ter maior assistência médica durante a gestação, mas o problema não afeta sua concepção.

Contudo, se o papilomavírus infectar o indivíduo juntamente à outros microrganismos, como por exemplo a C. trachomatis, causadora da clamídia, aumentado o risco de de esterilidade por motivos tubários.

Como citado, a presença do HPV no organismo não impede a gravidez da mulher. Segundo estimativas, entre 5,5% e 65% das grávidas no mundo estão infectadas pelo vírus.

O agente não prejudica o desenvolvimento do bebê, e nem pode infectar o feto durante a gestação. Afinal de contas, o papiloma não é transmitido pelo sangue, nem consegue penetrar a bolsa amniótica da criança. Se desenvolvendo ali, o bebê não tem nenhum contato com o vírus que infecta a mãe.

Engravidando com HPV

paciente conversando com médico em consultório pra saber se Quem tem HPV pode engravidar
Quem tem HPV pode engravidar, mas deve ter a sua infecção controlada pelo médico.

Antes de engravidar, conhecendo sua infecção ou não por HPV, é importante que a mulher visite seu médico. Realizando uma série de exames pré-gestacionais, a paciente pode verificar sua saúde e tratar problemas que poderiam vir a prejudicar o desenvolvimento do bebê.

Ou mesmo condições que poderiam dificultar a concepção, como a endometriose ou a obstrução das tubas uterinas.

Saiba como acontece a reprodução humana lendo este texto.

Se possuir o papilomavírus humano, a futura mamãe precisará passar por um tratamento prévio antes de engravidar. Essa terapia vai evitar que as verrugas e sintomas se intensifiquem durante a gravidez, o que pode ocorrer devido às alterações imunológicas e hormonais do organismo. Assim, previnem-se problemas durante o parto, e incômodos durante o período de geração do feto.

No caso da mulher não possuir a infecção, é interessante que ela coloque suas vacinas em dia. Geralmente, são duas as vacinas aplicadas durante a vida feminina, ainda em sua adolescência.

Jovens de até 26 anos, porém, poderão receber ambas as profilaxias se não tiverem se prevenido mais cedo. As vacinas irão evitar a contaminação futura, seja durante a tentativa de concepção ou relacionamentos sexuais seguintes.

Protegida e/ou acompanhada e tratada pelo médico, a mulher poderá buscar sua concepção normalmente. De modo geral, os casais demorar até um ano para obter a gravidez. Isso uma vez que as chances de concepção são limitadas, já que a mulher precisa estar em seu período fértil para conceber.

Quando o tempo de tentativas é maior do que 12 meses, é importante que o casal procure auxílio médico, pois a demora pode ser sinal de infertilidade.

Se for este o caso, a condição poderá ser tratada, ou então o especialista poderá indicar o uso de técnica de reprodução assistida. É o caso, por exemplo, da inseminação artificial e da fertilização in vitro.

Como tratar o HPV na gravidez?

vírus do HPV em organismo
Quem tem HPV pode engravidar, mas deve se adequar a um tratamento antes e durante a gravidez.

O tipo de tratamento utilizado contra o HPV varia de acordo com o quadro da mulher, o tipo do vírus e a localização das lesões. Por isso, é fundamental que a paciente passe por uma avaliação médica minuciosa.

Em todo o caso, é indicado que o tratamento seja realizado até a 34º semana de gestação. Assim, há tempo hábil para a cicatrização completa das verrugas antes que o parto ocorra.

Para mulheres grávidas, o tratamento costuma ser realizado de dois modos. Primeiro, com a aplicação do chamado ácido tricloroacético. A substância deve ser aplicada uma vez por semana, por 4 semanas, e é capaz de dissolver as verrugas.

Já a crioterapia é realizada por meio da aplicação de frio intenso nas verrugas. Feita com nitrogênio líquido, a técnica tem efeito em alguns dias, e faz com que as lesões se destaquem da pele e sejam eliminadas.

Além destas, a Medicina oferece a técnica de eletrocauterização, a por podofilina ou a por imunomoduladores. Entretanto, elas são contraindicadas durante a gestação. Afinal de contas, a eletrocauterização provoca a contração uterina, que poderia prejudicar o bebê.

Enquanto isso, a podofilina pode ser tóxica, e imunomoduladores não têm eficiência comprovada em períodos gestacionais.

Há situações, ainda, em que as mulheres desenvolvem graves lesões de papiloma antes da gestação. Aqui, o médico pode indicar a retirada de parte do colo do útero. O resultado é que a região se torna mais frágil, e a mulher pode apresentar dificuldades em segurar o bebê até o fim de sua gestação.

De qualquer modo, as consequências desse procedimento variam. Dependendo do quadro da paciente, o médico pode indicar a chamada cerclagem, ou seja, a realização de um ponto no colo uterino. Isso tende a facilitar a manutenção da gravidez pelos nove meses.

Parto normal ou cesárea?

vírus HPV
Quem tem HPV pode engravidar, mas deve tomar os cuidados necessários no parto para não infectar o bebê.

Como explicamos ao longo do texto, o papilomavírus humano não afeta a formação do feto. Contudo, o vírus pode ser transmitido ao bebê durante o parto, podendo ou não provocar consequências.

Se não tratadas durante a gravidez, por exemplo, as verrugas provocadas pelo HPV podem aumentar, em quantidade e em tamanho.

Não significa, contudo, que a cesariana sempre será a melhor alternativa. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o procedimento cirúrgico é interessante apenas quando existem essas lesões muito grandes. Caso não haja obstrução do canal, porém, o parto normal provavelmente será mais benéfico à mãe e ao bebê.

Normalmente, quando o recém-nascido é infectado durante o parto, seu próprio organismo trabalha para a eliminação do papilomavírus. No entanto, em situações muito raras raras em que o agente infeccioso pode provocar consequências, como a Papilomatose Respiratória Recorrente (PRR).

Na PRR, verrugas podem surgir nas cordas vocais, boca e nariz do bebê, dificultando sua respiração e deglutição. Por isso, é fundamental que a mãe com HPV tenha acompanhamento médico constante, e que o bebê seja avaliado após seu nascimento.

Deste modo, qualquer problema mais grave poderá ser resolvido rapidamente.

HPV e amamentação

Para que a transmissão do HPV ocorra, é necessário que uma área ferida seja permeável à penetração do vírus na pele. Então, a doença é sexualmente transmissível porque a fricção entre o pênis e a vagina provoca micro traumatismos, pelos quais o agente infeccioso penetra o organismo.

Logo, para que a amamentação fosse afetada pelo HPV seria necessário que o seio da mãe tivesse lesões da doença. Como isso dificilmente ocorre, não existe risco de transmissão do papiloma por meio da amamentação.

Agora você já sabe que quem tem HPV pode engravidar. Lembre-se, contudo, de contar com auxílio dedicado do seu médico, para que o tratamento da doença e prevenção da transmissão ao bebê sejam eficazes.

Leia também: Quem tem Ovários Policístico Pode Engravidar?

Open chat
💬 Precisando de ajuda?
Olá👋Como posso te ajudar?