Resultado Espermograma Infertilidade: Saiba como interpretar o exame!

Já ouviu falar em resultado espermograma infertilidade? Embora o resultado de um espermograma tenha a função de avaliar a fertilidade do homem, isto é, a sua capacidade reprodutiva. Ele não possui um diagnóstico considerado definitivo, sendo necessário fazer mais dois exames com 15 dias de intervalo. 

Portanto, um resultado de espermograma para infertilidade vai depender de vários outros fatores. Mas normalmente, esses exames são pedidos para avaliar se o homem possui quantidades suficientes de espermatozóides em condições adequadas para chegar com vida ao óvulo nas trompas da mulher.

Dependendo dos resultados, o espermograma também ajuda a avaliar se existem outros problemas nos órgãos reprodutores masculinos, principalmente na próstata, que possam interferir na fertilidade masculina.

Entenda como interpretar o exame abaixo!

Afinal, o que é um espermograma

resultado espermograma infertilidade
O espermograma é um exame realizado para contar e avaliar a quantidade e qualidade dos espermatozóides.

O espermograma é um exame normalmente indicado por um urologista para avaliar a capacidade reprodutiva masculina. 

Ele tem como principal objetivo observar as características do esperma e contagem dos espermatozoides, além da morfologia.

O exame é feito a partir de uma amostra de sêmen, coletada em laboratório após a masturbação em local reservado. 

Em geral, o espermograma é solicitado para investigar possíveis causas de infertilidade masculina. Isso porque cerca de 80% dos homens que apresentam dificuldade de engravidar possuem baixa concentração de espermatozoides associada à pouca motilidade e/ou alteração na sua morfologia.

O que um espermograma pode mostrar?

O resultado do espermograma traz todas as informações avaliadas na amostra, isto é, todos os seus aspectos macroscópicos e microscópicos,  bem como os valores considerados normais e/ou alterações, caso existam. 

Sendo assim, através de uma amostra de espermograma é possível observar características do esperma, como volume, viscosidade, pH, liquefação (quanto tempo demora para ficar líquido), coloração e concentração de espermatozóides.

Com relação aos espermatozóides, ele revela a sua motilidade (capacidade de locomoção) total e progressiva, vitalidade espermática e morfologia.

Além disso, o exame também permite avaliar a quantidade de leucócitos, que permitem identificar alterações no sistema reprodutor masculino, como obstrução ou mau funcionamento das glândulas, por exemplo.

Como avaliar o resultado espermograma infertilidade

resultado espermograma infertilidade
O resultado do espermograma pode determinar a fertilidade masculina.

O resultado de um espermograma não é definitivo, pois é altamente variável, mesmo em um único indivíduo e em dias de coleta diferentes. Por isso, é normal o urologista pedir pelo menos, mais dois exames para análises com 15 dias de intervalo, para se chegar a um diagnóstico preciso. 

Além disso, o paciente deve ter um período de abstinência de 2 ou 3 dias, sendo que há possibilidades de alterações neste período, que podem invalidar as comparações entre as análises. 

Em geral, a coleta do sêmen é realizada em laboratório ou clínica de reprodução, através de masturbação e armazenamento em recipiente específico fornecido pelo laboratório.

Caso os resultados sejam semelhantes, é possível obter um diagnóstico. Já em casos de alguma diferença, o especialista pede uma terceira coleta, para descartar quaisquer dúvidas.

Metodologia do resultado espermograma infertilidade:

A metodologia de análise e os percentuais de distribuição no exame de espermograma são determinados pela Organização Mundial da Saúde, sendo que a interpretação dos valores dos parâmetros seminais devem ser realizados com atenção e cuidado.

Isso porque a comprovação de diagnóstico biológico de infertilidade masculina é diagnosticada somente nos casos de ausência completa de espermatozóides ou de sua motilidade espermática. 

Nesse sentido, esses valores de referência não representam a concentração média de espermatozóides da população em geral, ou valores mínimos necessários para se conseguir obter uma gravidez espontânea. 

Além disso, homens que apresentam parâmetros seminais fora do intervalo de referência de normalidade podem conseguir engravidar suas parceiras, bem como aqueles dentro da referência normal podem apresentar dificuldades de garantir a concepção. 

Por isso, o espermograma não pode ser considerado um teste de fertilidade masculina, sendo o resultado de um espermograma normal, os seguintes abaixo:

Parâmetros seminais 

(Percentil 5 – IC de 95%)

Valores de referência
Volume seminal (ml) Igual ou maior que 1,5 ml (1.4-1.7)
pH Igual ou superior a 7,1 e inferior a 8,0
Cor Branco opalescente
Liquefação Igual ou maior que 30 minutos e completa, total até 60 minutos
Viscosidade Normal
Concentração espermática (106 /ml) Igual ou maior que 15 milhões /ml de sêmen (12-16)
Número total de espermatozoides Igual ou maior que 39 milhões por ejaculação (33-46)
Motilidade total 40% ou mais (38-42)
Motilidade progressiva 32% ou mais (31- 34)
Morfologia (formas normais) 4% ou mais (3-4)
Vitalidade 58% ou mais formas viva
Leucócitos Inferior a 50%

Fonte: World Health Organization: WHO Laboratory manual for the examination and processing of human semen, 2010.

Vale ressaltar que a qualidade do esperma pode variar ao longo do tempo, podendo haver alteração no resultado, sem que haja problemas com sistema reprodutor masculino. 

Por isso, o urologista costuma solicitar mais de um espermograma no intervalo de 15 dias, a fim de comparar os resultados e determinar quaisquer alterações.

Resultado espermograma infertilidade ou anormal

É possível avaliar anomalias após o resultado do espermograma.

Quando o resultado do espermograma traz algumas das alterações, o diagnóstico pode variar conforme essa alteração de acordo com o parâmetro a ser observado. Veja abaixo:

Alterações de Volume: hipospermia, hiperespermia ou aspermia

Em geral, as alterações de volume podem indicar diagnósticos diferentes, conforme o valor observado. Valores menores do que 1,5 ml pode indicar um quadro de hipospermia, que significa ter pouca quantidade de esperma por ejaculação.

Isso pode dificultar a concepção, mas não caracteriza infertilidade. Normalmente, a hipospermia ocorre por conta de alguma obstrução no canal seminal, infecção ou insuficiência vesicular.

Já quando o volume é acima do normal, maior que 5 ml, pode haver alguma infecção nas glândulas anexas ou tumores na próstata ou vesículas.

Mas se esse valor acompanhar uma baixa vitalidade dos espermatozóides e redução no ácido nítrico e frutose, o diagnóstico é de hiperespermia, reflexo de abstinência sexual por mais de 7 dias.

Na ausência de ejaculação, pode ocorrer também aspermia, devido a alguma obstrução no caminho do sêmen ou ejaculação retrógrada.

Alterações de pH: Obstruções ou problema na próstata

O pH indica a acidez do sêmen. Considera-se um pH ácido valores menores do que 7, sendo um pH considerado normal um valor maior do que 7,2 e menor do que 7,8. 

Quando os valores ficam abaixo disso, o diagnóstico pode ser de alguma obstrução dos canais seminais, já valores acima indicam algum problema na próstata.

Alterações na Coloração: Infecções, problemas de próstata ou câncer

Uma coloração normal deve ser semelhante à clara de ovo, isto é, branco opalescente. Caso o esperma esteja com a coloração amarelada, isso pode significar alguma infecção.

No entanto, se a cor for avermelhada, pode ser algum problema na próstata ou até mesmo algo mais sério, como um câncer.

Alterações de Liquefação e Viscosidade: Problemas na próstata

A liquefação (estado líquido do sêmen) costuma ocorrer em 60 minutos, sendo normal ser gotejada em filamentos de mais de 2 centímetros. 

Quando isso ocorre em menos de 30 minutos e o sêmen estiver mais consistente do que isso pode ser por causa de alguma disfunção na próstata ou nas vesículas seminais, ou inflamação.

Alterações no número de espermatozóides: Oligospermia ou oligozoospermia 

resultado espermograma infertilidade
Alguns fatores podem influenciar no resultado do espermograma.

Quando as alterações na quantidade de espermatozóides são o problema, podemos ter vários diagnósticos diferentes de acordo com as quantidades. Por exemplo, quando a contagem está abaixo de 15 milhões/ml ou 39 milhões por volume total, é oligospermia ou oligozoospermia.

Quando há poucos espermatozóides no sêmen a dificuldade na concepção é maior. A condição pode ser causada por infecções do sistema reprodutor, doenças sexualmente transmissíveis, efeito colateral de algum medicamento, ou varicocele, uma dilatação das veias do testículo, que causa acúmulo de sangue, dor e inchaço local.

Caso essa diminuição na quantidade de espermatozoide também for acompanhada de uma redução da motilidade, a alteração é chamada de oligoastenospermia

E quando o valor é aumentado para mais 200 milhões de espermatozoides por ejaculação, a alteração chama-se polizoospermia, embora seja raro e não é considerada um problema de fertilidade.

Ausência de espermatozóides: Azoospermia

A azoospermia é outra alteração na quantidade de espermatozóides no sêmen, porém caracterizada pela ausência dos gametas na amostra de esperma. 

Por isso, manifesta-se também através da redução do volume ou da concentração do esperma. Suas principais causas são obstruções dos canais seminais, infecções do sistema reprodutor ou doenças sexualmente transmissíveis.

Alterações na Motilidade e Vitalidade dos espermatozóides: Astenozoospermia e necrozoospermia

A motilidade dos espermatozóides podem ser classificadas em quatro categorias:

  • Tipo A: gametas que se movem rapidamente para frente
  • Tipo B: gametas que se movem lentamente para frente
  • Tipo C: gametas que se movem, mas sem uma direção certa
  • Tipo D: gametas que não se movem.

Considera-se um resultado normal quando a motilidade fica entre 32% ou mais na categoria A e B. Se o resultado for de 25% apenas do Tipo A, o diagnóstico é de astenozoospermia.

Isto é, os espermatozóides podem ter uma boa contagem, mas não são capazes de se mover de forma eficiente até as trompas para encontrar o óvulo, acabando morrendo antes de completar o percurso.

Já a vitalidade, por exemplo, indica a quantidade de espermatozóides ejaculados vivos. Caso 75% deles estejam mortos, o diagnóstico é de necrozoospermia.

A motilidade ou a vitalidade baixas podem ser causadas por excesso de estresse, alcoolismo ou doenças autoimunes, como lúpus e HIV, por exemplo.

Alterações na morfologia: Teratospermia

A teratospermia caracteriza-se por alterações na morfologia dos espermatozóides, podendo ser provocada por inflamações, malformações, varicocele ou uso de drogas.

Aumento de leucócitos: Leucospermia

Chamamos de leucospermia o aumento da quantidade de leucócitos no sêmen, indicando uma infecção no sistema reprodutor masculino. 

Quando isso ocorre, é necessário realizar exames microbiológicos para identificar o microrganismo responsável pela infecção e iniciar o tratamento.

O que pode afetar o resultado do exame?

Além dos diagnósticos variados devido às várias alterações possíveis, o resultado do espermograma também pode ser afetado por alguns fatores externos, como por exemplo:

  • Armazenamento do sêmen em temperatura indevida: temperaturas muito baixas podem interferir na motilidade dos gametas, e as temperaturas altas podem provocar matá-los;
  • Quantidade insuficiente de esperma na amostra: por conta da técnica incorreta da coleta;
  • Estresse e problemas emocionais: dificulta a ejaculação adequada;
  • Exposição à radiação por período prolongado: interfere diretamente na produção de espermatozoides;
  • Uso de medicamentos: alguns remédios possuem efeitos colaterais que alteram a quantidade e a qualidade dos espermatozoides produzidos.

Normalmente, caso o resultado do espermograma seja alterado, o urologista verifica a interferência de um desses fatores acima e solicita um novo espermograma.

Dependendo do resultado do segundo exame, recomenda-se fazer outros exames complementares, como fragmentação do DNA, FISH e espermograma sob magnificação para um diagnóstico mais preciso do problema.

Open chat
💬 Precisando de ajuda?
Olá👋Como posso te ajudar?